sexta-feira, 9 de maio de 2008

Lisboa Arruinada (31): Av. da Liberdade. O prédio do El Cabezudo

Este autêntico escândalo citadino existe há muitos anos. Dois prédios - um já demolido e outro que apresenta apenas a fachada arruinada - foram destruídos para o fim que a imagem mostra. É a prova da inépcia das autoridades e de um hipotético negócio especulativo que não vingou. Este buraco situa-se diante da entrada sul do metro da Avenida, ao pé da estátua do "El Cabezudo", vulgo Simão Bolivar, o grande herói chavista avant la lettre.

Um comentário:

Chris disse...

que pena isso...é mais uma faceta nostálgica do patrimônio arquitetônico urbano...