terça-feira, 27 de maio de 2008

Como começar mal o dia

Depois de 4 horas bem dormidas, saio de casa, tomo um garoto e um rim (risos) e alegremente compro o Diário Económico. Abro na página do suplemento universidades e leio: "Para o estudante de Relações Internacionais Manuel Paiva Pires, o Brasil é "um país com grande potencial, em que os portugueses deviam investir mais culturalmente e socialmente". Este estudante do Instituto de Ciências Sociais e Políticas esteve durante seis meses na Universidade de Brasília, cidade que é a capital da diplomacia da América Latina. Uma experiência dois em um. Para além das aulas estagiou na Embaixada de Portugal, o que lhe "abriu portas" e permitiu "aprender novos conceitos".

Nem com gravações conseguem acertar no nome de uma pessoa e no nome da Universidade que frequenta, tendo eu dito Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade Técnica de Lisboa. Ainda para mais até tiraram fotografias à minha placa, oferecida pelo Santander, que tem pelo menos o meu nome, julgo que não o da Universidade. Devem ter-se deixado abrasileirar, posto que passavam a vida a chamar-me Manuel, até porque os brasileiros acham que nós nos chamamos todos Manuel...É o Diário Económico, um jornal de referência pois... É o jornalismo estúpido!

Depois chego ao Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, e não tenho aula. A única aula que tenho de manhã...Isto hoje começou bem...

11 comentários:

Joana Dalila Santos disse...

Temos ISCSPiano... sim senhor!

Samuel de Paiva Pires disse...

E já enviei um e-mail para a jornalista e para o subdirector! :p)

Nuno Castelo-Branco disse...

Bah, Samuel, não ligues, são apenas nomes. Não é só no Brasil, aqui temos as mesmas gaffes e ninguém parece incomodar-se muito com isso. Come outro rim, ehehehehe e tem calma.

Pedro Fontela disse...

Bem Samuel... estágios diplomáticos :) não me digas que és de "boas familias" e não sabia :)

Nuno Castelo-Branco disse...

Eeheheheh, estás aver... Touradas e pegas, diplomacia.... um dia destes ainda vejo o Samuka de avental com compassos e estrelas... e o compasso não deve ser o do brasão da defunta RDA, LOL

Anônimo disse...

só uma nota, os srs. do compasso e esquadro são avessos à "tradição" das touradas...

Samuel de Paiva Pires disse...

Entretanto recebi resposta a informar que o lapso seria rectificado na edição de amanhã, o que agradeço, pois apesar de ser uma gaffe, não podemos andar sempre a falar mal dos jornalistas e não os chamar à atenção.

Nada disso Pedro, ou pelo menos, nada desse tipo de "boas famílias"... Além do mais, não me faço à custa de ninguém, apenas conto comigo, e tenho tido sorte, nada mais... Além disso, qualquer pessoa de Ciência Política ou Relações Internacionais facilmente faz um estágio no MNE.


Tal como eu caro anónimo, mas isso não me chegou para impedir que me obrigassem a vestir de forcado em representação de Portugal...

Anônimo disse...

o iscsp tem gaijas boas...pena os ciganos que andam naquela zona..

Anônimo disse...

sacanas esses srs. do esquadro e do compasso.

ainda bem que o erro foi rectificado. o meu caro amigo Samuel merece-o. E merece também o reconhecimento que lhe foi atribuído.

uma nota: não sou o anónimo das 16:59. Não considero que hajam assim tantas donzelas com tais dotes.

Cumprimentos.

Samuel de Paiva Pires disse...

Obrigado pelas suas simpáticas caro anónimo, que parece conhecer-me. Concordo perfeitamente consigo quanto às donzelas... :p)Ao fim de 3 anos já chateia ver sempre o mesmo...

Cumprimentos

Anônimo disse...

Pois está claro que conheço. Apenas mantenho o anonimato devido à indispensável discrição que se impõe no que concerne ao teor da minha primeira intervenção neste rol de comentários.

Cumprimentos.

P.S.: Concordo, após 4 anos toda a novidade perde o seu brilho inicial.