terça-feira, 20 de maio de 2008

São bólides da Carris?


Sabem o que quer dizer aquele sinal de trânsito? Quer dizer que não é possível estacionar e neste caso, nem sequer parar. Pois bem. Aqueles carrões que estão em fila e em transgressão - com os nossos chauffeurs à espera -, decerto pertencem ao Estado. São 22.28H de 20 de Maio e o horário de expediente terminou há muito e segundo sei, as reuniões dos órgãos de soberania não se fazem na sede do partido. Ou se trata de uma clara ilegalidade ou de um assomo de mesquinhez da minha parte. Existe ainda uma possível explicação. Como este local está reservado aos serviços proporcionados pela Carris, estes bólides very expensive indeed talvez façam parte de uma nova oferta da transportadora popular. Carros de alta cilindrada com chauffeurs engravatados e que cobram uma módica quantia de 1.30€ por viagem. Chama-se a isto, verdadeiro serviço social. Vamos todos experimentar?

7 comentários:

Paulo Soska Oliveira disse...

E que tal chamarmos o Smart da Carris que verifica os corredores BUS?

Joana Dalila Santos disse...

Lol
Podias mesmo ter ido perguntar, naquela do "olhe lá, eu até ia de táxi, mas visto que o serviço ainda é melhor e mais barato... pode levar-me a casa?" lol

António de Almeida disse...

-Não quero ser desmancha prazeres mas está uma informação, ilegivel na foto, colocada no sinal de paragem proibida, a qual pode condicionar a proibição, ou não, depende do que lá estiver! Mas não me admira, afinal tratam-se das mesmas pessoas que legislam e nem sequer respeitam as leis que os proprios criaram.

Ismenia disse...

Há coisas que me ultrapassam deveras...
Já estou como o outro... Não se pode fumar aqui e ali, e acolá... mas eu fumo, eu posso... - Ups, não era suposto ter vindo nos jornais pah! Então?? -.-
Esta imagem fala por si...
Sadness... :S

Cumprimentos Nuno e Cristina
(e aos restantes também , óbvio :P*


Vera Matos

Nuno Castelo-Branco disse...

Para todos os interessados: aquela placa pequena branca, colocada sob o sinal de interdição, diz EXCEPTO CARRIS.

*Devem mesmo ser taxis de luxo da Carris...

Anônimo disse...

Pois...quando os "bons" exemplos chegam de cima.....
Ainda há pouco tempo, Madeleine, princesa sueca, deixou o carrinho onde não devia em Estocolmo...e, levou logo uma multa + algumas páginas nos jornais. Desde esse dia, que nunca mais estacionou mal.


JA

Nuno Castelo-Branco disse...

A Suécia é uma verdadeira república, uma monarquia constitucional. Grande diferença.