terça-feira, 13 de maio de 2008

E diziam que não havia gente nas ruas...


Uma das lendas propaladas pelos "republicanos", consistiu na mentira da ausência de populares nas ruas de Lisboa no dia do funeral de D. Carlos e de D. Luís Filipe. As fotografias começam a surgir, assim como raros filmes. A verdade já não pode ser escondida.

Um comentário:

Mário Ferreira disse...

Como diz o ditado popular"a verdade é como o azeite,vem sempre acima".Ao fim de 100,de muitas mentiras e deturpações,os republicanetes,herdeiros dos Carbonários,Maçons e terroristas ,que proclamaram a Re(les)publica,são confrontados com a realidade.Os filmes ,as fotos e as reportagens feitas por jornais estrangeiros mostram a verdade dos factos.E a verdade era que o Povo estava com a Familia Real,e só através do medo aceitaram a republica imposta.