quinta-feira, 15 de maio de 2008

A bruxa da sopa


Hoje não me apetece falar de cigarros a bordo, nem de açafatas ou jornalistas delatores. Assim e como "encarte", aqui vai mais um boneco feito pela minha mãe. Ao contrário do Miguel, eu detestava comer sopa e para me convencer, surgiu este desenho como ameaça. Surtiu efeito e tinha medo disto, imaginem... Hoje em dia, parece que o Miguel não gosta de sopa e eu adoro. Coisas da vida.

9 comentários:

cristina ribeiro disse...

Mas quando comi no Sukhothai, o Miguel comeu a sopinha toda :)

Nuno Castelo-Branco disse...

Talvez, mas comeu sopa tailandesa. Não sei se ele gosta de sopas de cenoura, alho francês, cebola, canjas, agriões, etc. Eu gosto e muito.

mike disse...

O que eu já me ri, caro Nuno.
Coisas da vida, não. Coisas de mãe, sabedoria de mãe, ah, devo dizer, pelo desenho, talento de mãe.
Abraço. Está fantástico.

Nuno Castelo-Branco disse...

Futuro colega Mike, nem imagina o acervo que existe em casa dos meus pais. Algumas caricaturas feitas pela minha mãe - de gente da família, amigos, colegas, etc - são impublicáveis! Nada de ordinarices, mas com bastante mordacidade.

mike disse...

E está fora de questão expor as obras?

cristina ribeiro disse...

Faço coro com o Mike: os dois desenhos que já nos mostrou são deliciosos.

Nuno Castelo-Branco disse...

Mike e Cristina, tenho qualquer coisa aqui em casa. Vou ver se consigo fazer fotos de jeito. Como estão envernizados, o flash estraga tudo. Vou ver o que se pode fazer.

Luísa disse...

Nuno, estes desenhos da sua Mãe são giríssimos. E foram, pelos vistos, muitíssimo eficazes nos seus propósitos. Fico a aguardar novas revelações.

Nuno Castelo-Branco disse...

Hei-de trazer mais, Luísa, é só esperar. Não posso é abusar, porque os colegas ficam aborrecidos, :)))