terça-feira, 6 de maio de 2008

6 de Maio de 1908 - 100 anos do juramento e aclamação de D. Manuel II, Palácio de S. Bento, Lisboa

A sala é a mesma. O mobiliário é o mesmo. Existem as insígnias. O sucessor legítimo aguarda apenas a reposição da legalidade usurpada pelos dois golpes: o terrorista de 1 de Fevereiro de 1908 e o de Estado, de 5 de Outubro de 1910. (cliquem para ampliar todas as fotografias. São bonitas).

7 comentários:

leonidas disse...

Excelentes imagens caro Nuno Castelo-Branco

Obrigado por te-las disponibilizado

Uma pequena nota:
A imagem a cores não é a aclamação de D. manuel .E D. Manuel na abertura das Cortes a 29 de Abril de 1908 e D. Manuel está a segurar um papel...está a ler o Discurso da Coroa
A 1º sessão parlamentar no reinado de D. Manuel II

bem haja

Samuel de Paiva Pires disse...

Nobre sala esta...e que belas recordações me traz. A primeira vez que lá entrei tinha 15 anos. Da segunda tinha 16, fiz um dos meus "melhores" discursos em público de que me recordo na minha curta vida, tendo sido eleito 4.º melhor deputado nacional no Jogo da Cidadania. Discursava melhor que hoje...

Das últimas vezes que lá entrei, a última há 1 mês ou coisa assim, deparo-me sempre com os bustos daqueles magníficos personagens, e fico a desejar ter um do Marechal Duque de Saldanha em casa, prendendo-me sempre a atenção o magnífico quadro de D. Luís.

Espero viver para ver esta nobre sala por onde tantos ilustres passaram voltar a ser utilizada condignamente...

Júlia Moura Lopes disse...

Nuno, o Blogue está tão pesado que ao abrir ficam em branco a maior parte dos posts. Veja se faz um up grade do mesmo..Reduzir o numero de mensagens na 1ª página, ajudou no meu...
Espero que não me leve a mal...

Nuno Castelo-Branco disse...

Como sou um ignorante nestas coisas da web, não sabia o porquê na demora em abrir o blog. Agora já sei. O Samuel é que terá o upgrade para fazer. Sei lá o que isso é...
Obrigado Júlia

Poi é, Leónidas, mas na verdade, parece-me mesmo o dia 6 de Maio. O que estão ali a fazer os pagens à direita?

cristina ribeiro disse...

"...utilizada condignamente". Faço minhas as palavras do Samuel.

leonidas disse...

Sim...lá está o Alferes-mor com a bandeira,D. Manuel usa o manto real...mas falta o condestável á direita, os evangelhos...e porque razão está o rei a ler um papel quando o acto apenas compreende um juramento em voz alta

repare que:
D. Manuel ainda segura o ceptro com a mão direita...quando é proclamado este passa para a mão esquerda

É como na iconografia da idade média...para saber se x é casada ou não casada basta ver se está posicionada á direita ou á esquerda

Veja o protocolo da proclamação no SomosPortugueses

e por ultimo nem sou eu que o digo, mas Malheiro Dias num estudo sobre o tema, de 1908,ele situa essa imagem no dia 29 de Abril e dava-se mais importância na altura a esta do que a da proclamação porque representava o inicio do reinado em parlamento



bem haja

Samuel de Paiva Pires disse...

Júlia e Nuno tinham razão, diminuí de 50 para 30 o número de posts que aparecem ao abrir o blogue! Já agora digam-me se entretanto melhorou a visualização!