sábado, 12 de abril de 2008

O imperialismo capitalista continua a devassar o mundo

O governo de Raul Castro decidiu hoje deixar milhares de cubanos serem titulares das casas do Estado que alugaram, num decreto-lei que pode abrir caminho a uma reforma mais ambiciosa do sector da habitação.

Isto nem se compreende, como é possível que o capitalismo esteja a entrar no último reduto da única ideologia que realmente é plena de preocupações com o Homem, a via única para alcançar a paz e a felicidade mundial. Agora só o Chávez para aguentar o barco.

Isto bem poderia(á) ser o início de um artigo no Avante. Se algum dos editores passar por aqui e precisar de mais ideias para a sua propaganda demagoga avise.

3 comentários:

Mike disse...

Caro Samuel, acrescentemos políticos aos editores.

Freire de Andrade disse...

Não estou de acordo que Cuba seja o "último reduto da única ideologia que realmente é plena de preocupações com o Homem". Resta a gloriosa Coreia do Norte. Ou será que aí também já são permitidos os instrumentos capitalistas telemóveis, microondas e quejandos e que os arrendatários das casas do Estado podem vir a ser titulares das mesmas. Se for assim, então estamos perdidos.

Samuel de Paiva Pires disse...

Sem dúvida caro Mike!

Mea culpa meu caro Freire de Andrade, é o que dá escrever a altas horas da noite, esqueci-me completamente da Coreia do Norte, o que é inqualificável, os senhores do PCP não me perdoariam!

Cumprimentos
SPP