sexta-feira, 18 de abril de 2008

Sobre a saída de Menezes e a sucessão no PSD

Não vou sequer comentar. Há muita gente a fazê-lo, na televisão, nos jornais, nas rádios, na blogosfera. Dá muito trabalho andar a especular tão prematuramente. Além do mais há trabalhos para a faculdade e ocupações mais importantes por ora. Vamos aguardar para ver o que sai deste acontecimento político que sem dúvida irá trazer alguma animação ao panorama político nacional. Até Sócrates deve andar em pulgas, posto que muito provavelmente irá conhecer o seu opositor para as legislativas de 2009, dentro de algumas semanas. Ou seja, irá imediatamente saber se terá o seu segundo mandato ameaçado ou assegurado.

2 comentários:

Nuno Castelo-Branco disse...

O Partido Regenerador auto-dissolveu-se em 1910. Para quê insistir nisto?

Mike disse...

Acho que é mais para saber quem ira liderar a oposição (e por quanto tempo) depois do segundo mandato. Que com esta oposição...