sábado, 26 de abril de 2008

Pensamento (3)


Ainda do Diário de João Bigotte Chorão

Em Portugal, o desprezo pelo outro tornou-se de tal sorte que suspeitamos ser norma consagrada constitucionalmente.

6 comentários:

Mike disse...

É dramático e triste, mas infelizmente é exactamente assim como nos diz, Cristina.

cristina ribeiro disse...

Tanta insensibilidade choca, Mike...

O Réprobo disse...

Caso seria para dizer, Querida Cristina, que cada Povo tem as leis que merece. Quem com ferros mata...
Beijo

cristina ribeiro disse...

A Constituição sofre daqueles pecados que sabemos, Paulo, mas neste caso particular o mal está mesmo na índole constitutiva e na formação das pessoas.Como é que não havemos de nos tornar pessimistas em relação ao Homem?
Beijo

Nuno Castelo-Branco disse...

Artigo 288 da Constituição diz: obrigatoriedade da forma republicana do Estado. Se isto não é falta de respeito pelo outro, o que é então?
Como vê, está consagrado constitucionalmente...XOXOXO

cristina ribeiro disse...

Bem atirada, Nuno...