terça-feira, 10 de junho de 2008

«E aqueles que por obras valerosas se vão da lei da morte libertando»

2 comentários:

José M. Barbosa disse...

Pois...

Memória, a cultivar.
Z.

José M. Barbosa disse...

Curioso, tive de voltar aqui.